Conteúdo

Ferramentas FreeTurn - Teste prático

O uso na produção economiza muito tempo, dinheiro e ferramentas

CERATIZIT Besigheim conta com FreeTurn e HDT (High Dynamic Turning) na fabricação de ferramentas especiais. Com o objetivo de explorar internamente as vantagens da nova tecnologia de torneamento, a empresa fabricante iniciou a implantação do sistema FreeTurn. Uma equipe de projeto da TEAM CUTTING TOOLS analisou de perto o processo de usinagem no local e, em conjunto com os responsáveis ​​pela produção , mudou o processo para HDT com ferramentas FreeTurn. “A troca foi fácil e descomplicada, no início eu estava cético se a ferramenta poderia suportar as altas taxas de avanço, mas os primeiros testes rapidamente deixaram claro que não havia problemas”, diz o operador de máquina Martin Lutz. O resultado da usinagem superou as expectativas de todos os envolvidos: Além da economia em termos de ferramentas, as incríveis velocidades de corte possibilitaram uma preciosa redução nos tempos de produção.

Ciclo simultâneo em 5 eixos

A DMG Mori CTX beta 1250 TC foi escolhida como a máquina, que atende a todos os requisitos para torneamento altamente dinâmico. “Este centro de usinagem está amplamente difundido no mercado e pronto para HDT. Podemos, portanto, confirmar que muitas empresas de manufatura já têm a opção de usar HDT e FreeTurn”, explica o gerente de produto Paul Höckberg. A peça, o corpo básico de uma broca com pastilha intercambiável, foi então otimizado e executado usando o comando Siemens Sinumerik 840d e um ciclo simultâneo de 5 eixos da OPEN MIND - em velocidades de corte surpreendentes. 

Resumo dos dados:

  • Máquina: DMG MORI, CTX beta 1250 TC
  • Software: Siemens Sinumerik 840d
  • Programação: OPEN MIND (hyperMILL)

Velocidades de corte incríveis

Com velocidade de corte de vc = 220 m/min, avanço f = 0,48 mm/rev e profundidade de corte ap = 4 mm, o FreeTurn já é superior à ferramenta convencional. Uma velocidade de corte de 400 m/min é possível para o acabamento. “Nós sabíamos que nosso FreeTurn era bom. Mas não imaginávamos que poderíamos atingir velocidades de corte tão altas em aço (X40CrMoV51)”,entusiasma-se Höckberg. 

Dados de corte

Desbaste

  Torneamento convencional FreeTurn (HDT)
Velocidade de corte (vc 200 m/min 220 m/min
Avanço (f) 0,27 mm/rev. 0,48 mm/rev.
Profundidade de corte (ap) 4 mm 4 mm
Refrigeração  Sim Sim
Cavaco  Bom Bom
     

Acabamento

  Torneamento convencional FreeTurn (HDT)
Velocidade de corte (vc 300 m/min 400 m/min
Avanço (f) 0,15 mm/rev. 0,15 mm/rev.
Profundidade de corte (ap) 0,5 mm 1 mm
Refrigeração  Sim Sim
Cavaco  Bom Bom
Qualidade superficial  Bom Bom

Aumente sua vantagem competitiva

Em vez de usar três ferramentas diferentes, que seriam necessárias no processo convencional, o componente agora é fabricado com apenas uma ferramenta FreeTurn. Isso significa que 2 ferramentas foram economizadas. Além disso, o tempo de produção foi reduzido de 5:10 minutos para 2:45 minutos.

Resumo da economia total
  • Ferramentas substituídas: 2 
  • Redução do tempo de usinagem 2:25 min. minutos por peça 
  • Redução dos custos de produção: 3,53 € por peça
  • Redução com energia: 0,42 kW/h por peça 

Com base neste resultado positivo, outras peças também serão produzidas no futuro, usando High Dynamic Turning com ferramentas FreeTurn. Além da solução de software da OPEN MIND, a programação via Siemens NX também está sendo avaliada para aumentar a flexibilidade nesta área tanto quanto possível. “Já estamos ansiosos para converter gradualmente nossas produções, quando possível, para High Dynamic Turning e FreeTurn”, enfatiza o Gerente de produção Thomas Ledermann. "Isso nos permite dar ao Grupo CERATIZIT uma vantagem competitiva significativa."

Gostaria de saber mais sobre a ferramenta FreeTurn e HDT (High Dynamic Turning)?