Conteúdo

Fresamento trocoidal - Casos de aplicação, benefícios e opções de ferramentas

A otimização do processo em termos de tempos de usinagem mais rápidos e vida útil da ferramenta são as palavras-chave para maior eficiência econômica para a maioria das empresas de manufatura atualmente. Estratégias de fresamento inteligentes, como o processo de usinagem trocoidal, são a solução. Em conjunto com nossas novas fresas de topo CircularLine CCR, a vida útil da ferramenta pode ser aumentada e os componentes podem ser fabricados mais rapidamente. 

O que significa fresamento trocoidal?

Novos sistemas de programação CAM e ciclos de controle são usados ​​para fresamento trocoidal. Desta forma, é possível manter uma carga de ferramenta constante e uma espessura média de cavacos constante. Isso garante um processo de usinagem ideal e eficaz. Este tipo de estratégia de fresamento é particularmente adequado para usinagem de canais profundos ou paredes altas.

Fresagem trocoidal para usinagem de canais profundos ou paredes altas

Quando se trata de usinar grande volume de material, fresar canais profundos ou paredes altas, as vantagens do fresamento trocoidal tornam-se visíveis. Além da enorme confiabilidade do processo e um considerável ganho de tempo, vidas úteis mais longas são alcançadas com menor desgaste da ferramenta. Isso se deve ao fato de que com a fresagem trocoidal o ângulo de contato é mantido o menor possível, reduzindo assim a tendencia a vibrações. O fato de a fresa de topo ter mais tempo para resfriar durante o processo também reduz o desgaste.

Uso de matérias-primas no fresamento trocoidal

A utilização da matéria-prima de metal duro também é de particular interesse. A quantidade de pó de metal duro necessária para fabricar a ferramenta é um pouco maior, mas o comprimento da aresta de corte da ferramenta é duas vezes maior. Desta forma, o desgaste é distribuído por toda a aresta de corte mais longa em relação ao volume que é usinado. Se compararmos com o uso de matéria-prima, se obtém um resultado econômico absolutamente positivo.

Seleção de ferramenta para fresamento trocoidal

Devido às forças radiais mais altas, maiores exigências são colocadas na ferramenta e requerem uma geometria de núcleo especial e mais estável. Além disso, tanto o metal duro quanto a cobertura devem ser resistentes ao choque térmico porque, devido aos intervalos entre o corte e o resfriamento, as temperaturas na aresta de corte variam muito e, ao escolher uma ferramenta inadequada, lascamentos ou mesmo trincas podem se formar na aresta de corte .

 

As novas fresas CircularLine CCR têm essas propriedades e são a primeira escolha quando resultados ideais devem ser alcançados com o processo de fresamento trocoidal. Atenção especial foi dada à resistência da cobertura superficial usando a incomparável tecnologia de cobertura DRAGONSKIN. Como todas as ferramentas de alto desempenho com DRAGONSKIN., as novas fresas CCR são particularmente robustas e resistentes ao desgaste e podem suportar variações significativas de temperatura.

O quebra-cavacos especial garante a remoção ideal dos cavacos

Outra característica especial da fresa: As fresas possuem quebra-cavacos especial adaptado à geometria de corte. Essa necessidade torna-se relevante quando se observa um cavaco de 48 mm de comprimento, o que ocorre por exemplo com comprimentos de 4xD e um diâmetro de 12 mm sem quebra-cavacos. Devido ao quebra-cavacos, o comprimento do cavaco é limitado a 2xD e a evacuação adequada é garantida mesmo em materiais mais problemáticos.

Duas versões: aplicação universal e usinagem de alumínio

As fresas CircularLine estão disponíveis em duas versões: Uma para aplicações universais e outra específica para usinagem de alumínio. Enquanto o CCR-UNI possui seis arestas de corte que garantem um funcionamento suave e uma alta taxa de remoção, as quatro arestas de corte do CCR-AL permitem um alto avanço. Estão disponíveis em 3xD (aço) e até 4xD (alumínio) e podem atingir profundidades de corte que correspondem a todo o comprimento da aresta de corte.

O CircularLine submetido a um teste de resistência excelentes resultados para a usinagem de aço inoxidável (Duplex-VA)

Como os testes mostraram, com o fresamento trocoidal usando a fresa CCR é possível obter dados de corte mais altos do que com os métodos de usinagem convencionais. Isso reduz enormemente os tempos de usinagem. Até mesmo aplicações que antes eram consideradas muito complexas foram significativamente otimizados. Por exemplo, com materiais como o aço inoxidável 1.4404 no passado, sempre havia problemas com relação ao escoamento de cavacos. Nos testes, este material foi atipicamente usinado completamente a seco. Verificou-se que o efeito do choque térmico pode ser minimizado e, portanto, vidas úteis significativamente mais longas são possíveis do que com a usinagem úmida. Em um caso, o tempo de usinagem convencional da peça foi reduzido de 12 minutos para 5½ minutos e a vida útil geral da ferramenta triplicou. Esses números mostram claramente o que pode ser alcançado com a ferramenta certa em combinação com a estratégia de usinagem certa. 

A usinagem trocoidal agora também é possível no torneamento

O que há muito foi comprovado no fresamento agora também pode ser transferido para o torneamento. Saiba mais sobre isso: Torneamento trocoidal com sistema CAM.